Novidades

- 05.10.2020

Uma receita de polpetone para incluir a biomassa de banana verde na dieta

Ingrediente superversátil pode integrar preparações doces e salgadas

Imprimir esta novidade
Compartilhar esta novidade


Uma das frutas mais populares do mundo, a banana é nutritiva, fácil de comer e ideal para quando bate aquela fome repentina. Nesses momentos, costumamos consumi-la mais madura e bem docinha. Mas você sabia que sua versão verde também é a base para diversas preparações?

Com ela, é possível fazer a biomassa de banana verde. Com aparência de purê, ela deve ser preparada cozinhando a polpa da fruta bem verde, que ainda não amadureceu. Assim, seu amido não se transformou em frutose e o sabor é neutro, não interferindo no resultado do prato.

Como utilizar a biomassa de banana verde

Use a biomassa como espessante em preparações salgadas, como molhos, sopas e refogados, ou doces, como bolos, mousses e até sobremesas clássicas como o brigadeiro. Também é uma boa opção de substituição em receitas para quem é intolerante a lactose e glúten.
Ela pode ser guardada na geladeira por até sete dias ou congelada por dois meses. Uma boa dica é guardá-la em forminhas de gelo. Assim, fica mais fácil de descongelar somente a quantidade necessária para a receita que você vai preparar.

Nutrientes e benefícios para a saúde

A banana verde é fonte de vitaminas A, do complexo B e C, além de minerais como ferro, zinco e magnésio. Seu alto teor de fibras ajuda a regular o intestino e prolongar a saciedade. Possui baixo índice glicêmico; por isso, seu consumo é indicado na prevenção da diabetes e no controle dos níveis de glicose.

Consumi-la ajuda a melhorar a imunidade, contribui para o desenvolvimento da microbiota intestinal, ajuda a controlar os níveis de colesterol, a prolongar a sensação de saciedade a prevenir o diabetes e a evitar o acúmulo de gordura abdominal.
Também é indicada para amenizar os sintomas da TPM, melhorar o humor e aumentar a sensação de bem-estar. Tudo isso como parte de uma alimentação saudável e equilibrada, é claro.

Uma receita surpreendente com a biomassa

A clássica receita italiana feita com carne moída ganha uma versão inusitada, feita com banana verde, quinoa e cogumelos. O polpetone de banana verde promete agradar os veganos e surpreender quem está aberto a novas combinações de sabores e ingredientes.

Modo de Preparo da biomassa de banana verde:

Separe as bananas e mantenha os talos.
Higienize as bananas.
Em uma panela de pressão, ferva a água.
Assim que levantar fervura, adicione as bananas verdes com casca.
Tampe a panela e deixe em fogo alto até começar a pressão.
Assim que a pressão iniciar, diminua o fogo e conte 8 minutos.
Desligue e retire a pressão.
Quando a pressão sair por completo, retire as bananas uma a uma.
Com a ajuda de um garfo e uma faca, tire as cascas de cada banana quente.
Coloque em um liquidificador ou processador e bata as bananas quentes (a biomassa fica espessa).
Se optar por liquidificador, bata 3 bananas por vez.

Ingredientes da pasta de macadâmia:

1 xícara de macadâmia crua
2 e ½ colheres de sopa de melaço de cana
uma pitada generosa de sal rosa do Himalaia

Modo de Preparo da pasta de macadâmia:

Adicione a macadâmia a um processador de alimentos.
Processe por 3 a 5 minutos, até que se forme uma pasta granulada.
Adicione 1 ½ colher de sopa de melaço de cana e processe por mais 2 minutos.
Adicione o sal rosa, processe um pouco mais e coloque o melaço de cana restante.
Continue processando até misturar bem.
Adicione a cebolinha a gosto e reserve.

Ingredientes do polpetone:

2 colheres de sopa de biomassa de banana verde (cerca de 50 g)
1 dente de alho picado
1 cebola roxa picada
1 colher de café de cúrcuma
3/4 de xícara de pasta de macadâmia com cebolinha
½ xícara de quinoa branca crua
1/2 colher de sopa de gergelim preto
2 colheres de sopa de cogumelos shitake, castanho e shimeji refogados
4 colheres de sopa de alho-poró picado.

Modo de preparo do polpetone:

Em uma frigideira com azeite, refogue o alho-poró e os cogumelos.
Acrescente o sal, a pasta de macadâmia e a cebolinha e misture tudo até obter um creme.
Lave a quinoa e escorra.
Cozinhe por 15 minutos com ½ xícara de água quente e escorra.
Refogue a quinoa cozida com alho, cebola e cúrcuma.
Em uma tigela, adicione a biomassa e a mistura de pasta de macadâmia com alho-poró.
Recheie cada polpetone com 3 colheres de sopa do recheio.
Modele os polpetones como se fosse um hambúrguer.
Asse em forno preaquecido a 180°C por 25 minutos.

Revista de Ofertas

Confira as principais ofertas
da rede Zaffari & Bourbon.

Endereços e horários:

Selecione um de nossos empreendimentos para conferir o endereço e os horários de funcionamento.

 
© 2020 Grupo Zaffari. Todos os Direitos Reservados | Política de Privacidade | Termos de Uso
Grupo Zaffari